janeiro 08, 2010

Concerto com papagaios

Marcelo Oliveira é músico da Orquestra Sinfônica do Teatro Guaira.
Como faz parte do cotidiano dos ilheus, foi ver a revoada dos papagaios,
na ilha que leva o nome deles.
Várias barcas vão assistir ao espetáculo.
Naquele dia os pássaros se atrasaram e Marcelo começou a tocar sua flauta,
para encanto dos mergulhões que voavam em bando, e das outras pessoas que ocupavam outros barcos.
Mais à tardinha, vieram os papagaios.
Eles, em pares.
Marcelo começa então a imitar as notas de seus cantos.
Os papagaios se assanham. Devolvem as notas em coro.
Marcelo arrisca um chorinho e, impressionante, as aves começam a imitá-lo.
Indescritível a emoção do momento.
Dos outros barcos, o aplauso ao concerto mais original do Ano. hehehe...
Parabéns ao sensível Marcelo!

5 comentários:

.Leonardo B. disse...

[existem parcelas de mundo dificeis de entender!... é que mundo não se olha: escuta-se, nem que seja com o olhar!]

um imenso abraço

Leonardo B.

claudio boczon disse...

caramba, Lina

esta eu queria ter visto, e ouvido.

a papagaiada da cara-roxa, chauá!

bjs,

Lina Faria disse...

Leonardo,
também acho que mundo se sente, nem sempre se entende...
fui ao seu blog. gostei muito.

Pois Boczon, eu vi!
os chauás, isso aí.

Marcelo Oliveira disse...

Querida Lina! Um obrigado sonoro e cheio de vôos sobre barcos!
Sensibilidade humana é colocada à prova todos os dias, agradeço também a convivência em Superaguí, convidando pra festa aqui no dia 24. Muito legal seu texto, com fotos literárias.

Beijo!

Marcelo Amorim disse...

Lindo momento, muito bem narrado aqui, em prosa e poesia.

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Sou fotógrafa e curiosa. Vivo na cidade de Curitiba e gosto de olhar e documentar a relação das pessoas com os espaços em geral. Levo isso ao pé da letra, quando fotografo as ruas e sua ocupação desordenada. Também nos interiores das submoradias, longe de qualquer padrão de ordem mas com um sentido de segurança, mesmo que penduradas e vulneráveis à primeira chuva. Mas tudo isso tendo como compromisso a beleza, a harmonia. Mesmo na realidade de uma favela, resgatar a dignidade através do belo é o que me interessa. Gosto também, e muito, de design e arquitetura. Da social à contemporânea, o gosto pelo ocupar me interessa. contato: linafaria@yahoo.com.br
Todos os direitos reservados à autora.
Fotos podem ser copiadas desde que com menção à fotógrafa e sem fins comerciais.

Desafio de março

Desafio de março

Minha lista de blogs

Seguidores

Arquivo do blog

em foco