abril 03, 2010


















Caros amigos,


Aprendiz e atrevida que sou, peço desculpas pela aventura que travo com a blogosfera tendo-os como cúmplices e vítimas ao mesmo tempo.
Bato e apanho, simultâneamente, no sistema.
Autodidata que sou na coisa, dou voltas prá lá de olímpicas pra chegar a um destino que uma tecla, ou duas, talvez me levariam.
Meu estilo, meu tempo...Sou devagar nos atos e rápida no raciocínio, me falaram.
Gasto um bom tempo e uma boa grana tentando equilibrar a coisa.
Mais ainda tentando entender o mundo.
Que pretensão!
Do mundo basta vivê-lo.
Tentar entende-lo é pura terapia ocupacional.
Ou neurose. Neurose ocupacional?
Por que não?
Porque ela pode ser estressante.
Aí, não!

Sigam-me, please, nessa aventura.
Ando bastante, penso bastante e fotografo bastante.
Pode ser interessante e melhorar com o tempo.
Acreditem!

Ah, as fotos maiores não ficaram melhor?
Eu acho...

* foto Ilha do Mel, 2010



8 comentários:

Anônimo disse...

As fotos maiores ficaram melhores e é sempre um prazer acompanhar o seu trabalho.
Ana Barrios

Lina Faria disse...

Obrigada, Ana querida!

expressodalinha disse...

Eu acho que é "neurose ocupacional" e quanto maiores as fotos melhor. Pobres dos que são hipocondríacos. Devem sofrer muito... Continue o excelente trabalho.

Anônimo disse...

olá Lina

lindo teu blog!
adorei as fotos mas o seu texto dá um tempero especial.

abraço
Karina Marques

Lina Faria disse...

Oi, Karina de Castro Marques, hehehe!
valeu a visita e que bom que você gosta.
Pois estou querendo priorizar a fotografia.
Mas vou escrever. Menos, mas vou.
bj, lina

Zaclis Veiga disse...

Gosto muito da nova "roupagem".

Lina Faria disse...

Oba! que bom, Zaclis.
bjs.

Lina Faria disse...

Oba! que bom, Zaclis.
bjs.

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Sou fotógrafa e curiosa. Vivo na cidade de Curitiba e gosto de olhar e documentar a relação das pessoas com os espaços em geral. Levo isso ao pé da letra, quando fotografo as ruas e sua ocupação desordenada. Também nos interiores das submoradias, longe de qualquer padrão de ordem mas com um sentido de segurança, mesmo que penduradas e vulneráveis à primeira chuva. Mas tudo isso tendo como compromisso a beleza, a harmonia. Mesmo na realidade de uma favela, resgatar a dignidade através do belo é o que me interessa. Gosto também, e muito, de design e arquitetura. Da social à contemporânea, o gosto pelo ocupar me interessa. contato: linafaria@yahoo.com.br
Todos os direitos reservados à autora.
Fotos podem ser copiadas desde que com menção à fotógrafa e sem fins comerciais.

Desafio de março

Desafio de março

Minha lista de blogs

Seguidores

Arquivo do blog

em foco