abril 20, 2010










Porque os Sofás Vermelhos são abandonados?




















Peço ao grande Cláudio Versiani, http://www.picturapixel.com/ uma licença poética, uma beirinha nesse sofá três lugares que parece ter rompido o limite das paredes dessa moradia.
 Eu que flano pelo centro da cidade e registro a morte de casas, fui ontem às Mercês, bairro central, a pé e, como sempre, a cidade me exibiu situações inusitadas. A ver por essa casa demolida, onde só restou um espantalho e um sofá vermelho.
Lembrei-me do Pictura Pixel, http://www.picturapixel.com/ a revista eletrônica do Versiani, onde ele posta sofás vermelhos que, pelo  que ví até hoje, estão sempre deixados  prá trás. Sempre caem da mudança, por questão de espaço ou decurso de prazo, mesmo.

Caro Versiani, se eu tivesse seu email , mandaria a foto.
Como não, posto aqui, não sei antes dizer que também tenho assuntos recorrentes, vários, e acho bem bacana esa história do sofá vermelho. Choquei!










6 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE


ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CHOCOLATE, EL NAZARENO- LOVE STORY,- Y- CABALLO, .

José
ramón...

Lina Faria disse...

José Ramon, obrigada pela inspiração e latinidade. Valeu!

expressodalinha disse...

Um sofá onde todos cabem e já ninguém quer sentar.

Zaclis Veiga disse...

Lina, adoro as postagens "sofá vermelho" do Versiani.
Achei o teu sofá um tesouro. Estava ainda hoje pensando em trocar a cor de meu sofá, que precisa de uma boa reforma. Acho que vou vermelhar em homenagem a todos os vermelhos abandonados por aí. :)
beijo

Lina Faria disse...

Záclis,
adivinhe a cor do meu velho sofá quatro lugares?
claro, rubro hoje meio desbotado.
quando e se eu sair desse enorme ap. vou ter que desová-lo no mínimo no marco zero. hehehe

Lina Faria disse...

Pois pensei que poderiam ter posto o espantalho sentado nêle.
Seria mais digno se ocupado.

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Sou fotógrafa e curiosa. Vivo na cidade de Curitiba e gosto de olhar e documentar a relação das pessoas com os espaços em geral. Levo isso ao pé da letra, quando fotografo as ruas e sua ocupação desordenada. Também nos interiores das submoradias, longe de qualquer padrão de ordem mas com um sentido de segurança, mesmo que penduradas e vulneráveis à primeira chuva. Mas tudo isso tendo como compromisso a beleza, a harmonia. Mesmo na realidade de uma favela, resgatar a dignidade através do belo é o que me interessa. Gosto também, e muito, de design e arquitetura. Da social à contemporânea, o gosto pelo ocupar me interessa. contato: linafaria@yahoo.com.br
Todos os direitos reservados à autora.
Fotos podem ser copiadas desde que com menção à fotógrafa e sem fins comerciais.

Desafio de março

Desafio de março

Minha lista de blogs

Seguidores

Arquivo do blog

em foco