dezembro 11, 2009

Par de vasos

Bina, geminiana, com seus felinos.

7 comentários:

peri s.c. disse...

Sempre penso quando vejo tatuagens , nesse caso : e quando ela se cansar dos felinos ?

Lina Faria disse...

E eu não penso?
Quando vejo essa moçada que se marca a agulhas, penso:
Definitivo prá mim só filho!

Eduardo P.L disse...

As ANDORINHAS eram dela????? srsr

Lina Faria disse...

Na mosca, Eduardo.

Eduardo P.L disse...

Connheci as costas e gatos pelos pés, dela!!!!! srsr

Marcelo Amorim disse...

Deixa eu botar uma colherinha aqui. Não entendo nada de tatuagens, mas sou gateiro e digo com o maior sossego do mundo: quem gosta de gatos (e a moça tatuada por certo adora), não se cansa nunca dos felinos. Ao contrário, vai se encantando cada vez mais.

dimas disse...

sabe peri, não deveríamos pensar a tatuagem como "estampa". algo meramente decorativo, embora o seja, de certa forma... as motivações para inscrever algo permanente no próprio corpo são muito mais profundas, arquetípicas, carregadas de simbolismo. sem contar a cota de "sacrifício" físico e social, que traz inversamente uma série de "compensações" dentro do sistema de crenças (diversos) do sujeito tatuado. é claro que os valores mudam durante a vida, e uma pessoa pode até renunciar a aquilo que outrora defendia.. mas aí é questão pessoal, que nem convém especular. e nesse ponto concordo plenamente com o marcelo, de que a moça tende a gostar cada vez mais dos gatos, e que a tattoo só viria a reforçar essa admiração.
abraços!

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Sou fotógrafa e curiosa. Vivo na cidade de Curitiba e gosto de olhar e documentar a relação das pessoas com os espaços em geral. Levo isso ao pé da letra, quando fotografo as ruas e sua ocupação desordenada. Também nos interiores das submoradias, longe de qualquer padrão de ordem mas com um sentido de segurança, mesmo que penduradas e vulneráveis à primeira chuva. Mas tudo isso tendo como compromisso a beleza, a harmonia. Mesmo na realidade de uma favela, resgatar a dignidade através do belo é o que me interessa. Gosto também, e muito, de design e arquitetura. Da social à contemporânea, o gosto pelo ocupar me interessa. contato: linafaria@yahoo.com.br
Todos os direitos reservados à autora.
Fotos podem ser copiadas desde que com menção à fotógrafa e sem fins comerciais.

Desafio de março

Desafio de março

Minha lista de blogs

Seguidores

Arquivo do blog

em foco