janeiro 12, 2010

Paletas da Ilha

Me desculpem os visitantes, se só falo de Superagui.
É que esse lugar respondeu a vários questionamento da minha alma.
Ali encontrei reunidos todos quesitos que para mim são parâmetros do "pulsar do espaço".
As cores, a coragem em experimenta-las.
Os materiais, o processo construtivo dentro dos recursos oferecidos., as estratégias sobrevivencias que manifestam, sem nenhum pudor.
Não por acaso, o suíço Willian Michaud viu brotar em si todo o talento latente alí, onde viveu e deixou como legado vários olhinhos azuis, e suas exuberantes pinturas.
Falo depois sobre ele.

11 comentários:

.Leonardo B. disse...

[estranhas as cores do mundo, como se os objectos fossem os seus contrários]

um imenso abraço, Lina

Leonardo B.

aveloh disse...

Lina,
você está plenamente desculpada!

aveloh disse...

linda demais essa "paleta"!

Montezuma disse...

Amanhecer, pôr-do-sol, gente. Casas, igrejas, casas pobres, casas ricas, igrejas simples, igrejas com paredes de ouro. É a Lina Faria que um dia conheci. Que privilégio!

Lina Faria disse...

Montezumz Cruz!
O privilégio é meu de ter trabalhado com um dos melhores reporteres que conheço.
Diga-me em que paragem desse Brasilsão está você e sua Ana Mejia?
Saudades...

Katia Horn disse...

adoro seus clics urbanos, lia, mas tenho viajado nestas imagens brejeiras do litoral... uma delícia!!!
grande abraço

Katia Horn disse...

escapou o n do teu nome, lina...
besos

Lina Faria disse...

Nossa, quando gente bacana!
Que bom você, Katia Horn!
beijo, lina

(l' excessive) disse...

Belas paletas!
Arte pura!

Anônimo disse...

Maravilha de foto!!!
Beijos
Iara

Lee Swain disse...

Lina,
dez comentários depois, parece chover no molhado dizer que esta foto é de tirar o chapéu. Mas é. Olho não é pra quem quer, é pra quem tem. E ponto.

Bjs

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, Paraná, Brazil
Sou fotógrafa e curiosa. Vivo na cidade de Curitiba e gosto de olhar e documentar a relação das pessoas com os espaços em geral. Levo isso ao pé da letra, quando fotografo as ruas e sua ocupação desordenada. Também nos interiores das submoradias, longe de qualquer padrão de ordem mas com um sentido de segurança, mesmo que penduradas e vulneráveis à primeira chuva. Mas tudo isso tendo como compromisso a beleza, a harmonia. Mesmo na realidade de uma favela, resgatar a dignidade através do belo é o que me interessa. Gosto também, e muito, de design e arquitetura. Da social à contemporânea, o gosto pelo ocupar me interessa. contato: linafaria@yahoo.com.br
Todos os direitos reservados à autora.
Fotos podem ser copiadas desde que com menção à fotógrafa e sem fins comerciais.

Desafio de março

Desafio de março

Minha lista de blogs

Seguidores

Arquivo do blog

em foco